Drones: uturo certo dentro da agricultura

Lavoura de milho com luz do sol
Something went wrong. Please try again later...

Introdução

Criados para fins militares, os Drones ou Veículos Aéreos Não Tripulados (VANT), datam do  século retrasado, quando em 1890, o capitão Russo Serguêi Uliánin desenvolveu pipas em forma de caixa especialmente para fotografia aérea. Os “Drones” do século 19 eram capazes de levantar uma câmera consigo ou servir de receptáculo para uma câmera enviada por corda em uma pequena caixa quando a pipa já estivesse no ar. A partir dos anos 80, os VANTs começaram a chamar mais atenção. Passaram a ser utilizados como armas de verdade quando foram utilizados pela força aérea israelense contra a força aérea síria, em 1982, ficando conhecidos do público a partir de 2012.

Atualmente, as cordas e pipas foram trocadas por Drones com altíssima tecnologia, oferecendo um vasto aparato de informações possíveis para solucionar problemas que antes eram pouco percebidos. Os Drones tem sido utilizados em diversas áreas, ramos de trabalho e até mesmo para hobby pessoal. Na agricultura, os Drones podem ter diversas aplicações no dia a dia de uma propriedade agrícola.

Avião pequeno na grama

Descrição gerada automaticamente

Como a agricultura tem se automatizado a cada minuto que passa, apresentando tratores conduzidos por GPS, colhedoras que geram mapas de produtividade em tempo real, sensores para aplicação de N e muitos outros tipos de automação, os drones ingressam no mercado para agregar junto ao time da agricultura de precisão, tendo como finalidade minimizar custos e maximizar a produção em um mesmo talhão dentro da propriedade, entre outras funções. Seu uso tem se intensificado na captação de vídeos, imagens aéreas georeferenciadas e acompanhamento do desenvolvimento das culturas em áreas que podem ter tido problemas de plantio, de erosão, tombamento, manchas de solo, nematóides, etc. Além disso, também é possível verificar a qualidade na aplicação do N, acompanhar a colheita, mapear áreas, fazer fotogrametria e contagem de animais na pecuária, entre outras infinitas aplicações.

Sabemos que realizar o monitoramento integral de toda área de uma lavoura não é fácil, devido a sua extensão. Neste caso, o Drone pode realizar este trabalho com muita eficácia e em um curto período de tempo, porém, é importante estar ciente que a utilização de um drone não dispensa o acompanhamento a campo de um profissional do ramo agrícola.

Outro grande atributo proporcionado pela utilização de drones, é a rapidez e qualidade com que obtemos dados para análise. Uma visão aérea da lavoura ou de um ensaio, apresenta inúmeras informações diferenciadas que, somadas às informações de campo, exibem um relatório completo e seguro. Podemos desvendar problemas de produtividade nunca antes revelados, fazendo um sobrevoo na lavoura e registrando imagens dos diferentes pontos da área para posterior interpolação com mapas de produtividade, relevo, solo, entre outros.